Porto
Berços de Atracação
Processo de Produção
Canal de acesso e Bacia de evolução
Estocagem de matérias primas
Especificação de navios para o Porto
Operações de carga e descarga
Operações com Óleo Combustível

O Terminal Portuário Privativo da Alumar  está localizado  na confluência do Estreito dos Coqueiros com o Rio dos Cachorros, na Baía de São Marcos, município de São Luis-MA. Esta localizado a 2º 35,30” na latitude sul e 44º 22,24” longitude oeste, distanciado aproximadamente a 10km ao sul do porto do Itaqui.


Recebe anualmente cerca de 300 navios graneleiros, capacidade  máxima de  76.000 tons / TPB(tonelagem de porte bruto).


No Porto acontece o desembarque das matérias-primas e dos insumos usados na produção do Alumínio (bauxita, carvão mineral,  soda-cáustica, óleo combustível, coque e piche). A operação de embarque do excedente de produção da alumina, também é realizada pelo Porto.


Este complexo portuário é composto por dois berços para acostagem de navios, denominados Berço 1 e Berço 2, com comprimento total aproximado de 510 metros,  equipados com defensas; um dolphin /  Duque D´Alba (protetor de pilares); uma bóia de amarração.


No Terminal foram instalados e equipamentos de carga e descarga: dois descarregadores de navios com “grabs“,  capacidade total de 3.500 tons/hora; um carregador para alumina do tipo linear capacidade 2.000 tons/hora e instalações para recebimento de soda-cáustica e óleo combustível.


O Terminal dispõe,  ainda, das seguintes áreas para armazenagem de materiais:
• Um tanque com capacidade de 21.849 m3  para óleo combustível;
• Três tanques com capacidade total aproximada de 54.000 m3  para armazenagem de  soda-cáustica;
• Galpões cobertos para estocagem de coque calcinado e pencil pitch(piche), capacidades 34.000 tons e 8.000 tons, respectivamente.
• Pátios para de bauxita e carvão, capacidades  540.000 tons e 75.000 tons, respectivamente;
• Dois silos para alumina, capacidade total 200.000 tons.


O sistema de controle de acesso à área restrita e circuito de monitoramento (CFTV) do porto da Alumar recebeu a certificação ISPS CODE (Código Internacional de Proteção de Embarcações e Instalações Portuárias), diretriz para a elaboração dos planos de segurança portuária de cada porto e terminal do país, público e privado, que opere no comércio internacional.
 


   

© Alumar - Consórcio de Alumínio do Maranhão | 2010